segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Xô apego, desapega de mim

...
- Outra recordação que guardo da infância foi a de querer ter o cachorro feio do meu vizinho. Durante várias semanas causei um tumulto em casa para conseguir aquele cão. Meus ouvidos estavam surdos às ofertas de outros animais de estimação de aparência mais cativante.
Conclusão: o apego cega, conferindo um halo de atração imaginária ao objeto desejado.
....
fonte (ISBN 85-87546-00-7)

1 Comentários:

Anonymous Snake A. disse...

Hum, simples mas profundo. Gostei!

25 novembro, 2008 21:01  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial