sábado, 2 de julho de 2005

Amor

Acho que faz tempo que eu disse isso, mas vou repetir. Nem sempre sou muito boa com as palavras e acho interessante quando encontro algum texto onde o autor expressou exatamente o meu pensamento. Pelo que pesquisei, este é um autor religioso(sendo assim, ele tenta se aproximar de uma definição genérica). Sei que o amor é uma das coisas mais difíceis de ser definida, mas essa é mais ou menos a minha idéia do que significa:


Não confundir o amor com a paixão dos primeiros momentos, que pode desaparecer. O verdadeiro carinho cresce na medida em que os dois estão mais unidos, porque partilham mais. Mas para partilhar é preciso dar. Dar é a chave do amor. Amor significa sempre entrega, dar-se ao outro. Só pelo sacrifício se conserva o amor mútuo, porque é preciso aprender a passar por alto os defeitos, a perdoar uma e outra vez, a não devolver mal por mal, a não dar importância a uma frase desagradável, etc. Por isso o amor também significa exceder-se, fazer mais do que é devido.

Juan Luis Lorda

2 Comentários:

Blogger Underdog disse...

O mais importante nisso tudo é não confundir amor com paixão. Só isso já evitaria muita dor de cabeça.

06 julho, 2005 07:38  
Anonymous Avatar Reiter disse...

É faz sentido... egoístas e narcisistas não conseguem amar outras pessoas... mas levando por este lado já chegando ao extremo também faz sentido uma frase q ouvi... "...pq a servidão leva ao amor..." (o que é a servidão ? - é se dar totalmente...)
... as vezes encontramos pessoas q confundem servidão com amor, mas.....

Onde acabam as obrigações do amor e começam as obrigações da servidão ?

11 julho, 2005 14:23  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial